Actualidades

A Guiné-Bissau regista, até ao momento, oito casos de Covid-19. No dia 26 de março autoridades decretaram o Estado de emergência que confere enquadramento legal às medidas que já haviam sido tomadas antes: suspensão de todas as actividades académicas, religiosas, competições desportivas e todas as actividades que impliquem concentração de pessoas, incluindo funerais, encerramento de fronteiras e restrições ao movimento de pessoas e ao comércio.

O Ministério da Saude já adoptou um Plano de Resposta Nacional, cujo custo ronda os 13 milhoes de dólares americanos e que conta com o apoio da OMS, do sistema da ONU em geral e de outros parceiros internacionais.

31 mar 2020

“Para poder operar a rádio, cada um dos 14 funcionários tinha que contribuir com 2500 francos CFA por mês para a eletricidade.

Quando não havia mais dinheiro para comprar combustível, a rádio parava de funcionar", conta Abdulai Tama Camara, diretor da rádio Lamparam, em Iemberem, no coração do Parque Nacional de Catanhez, região de Tombali.

07 fev 2020

Durante a terceira Revisão Periódica Universal da Guiné-Bissau no Conselho de Direitos Humanos em 24 de janeiro, a Guiné-Bissau recebeu 197 recomendações feitas por 79 Estados-Membros.

Isso inclui recomendações para combater a corrupção, a impunidade, a realização de reformas estatais, o estabelecimento de uma instituição nacio

28 jan 2020

Na sua primeira visita a Bissau, no contexto de uma missão a vários países da região, Rosemary di Carlo disse estar feliz por ver que as eleições presidenciais ocorreram num ambiente pacífico, “demonstrando a vontade do povo guineense de exercer os seus direitos cívicos, consolidar a democracia e virar uma nova página rumo à estabilidade política e institucional”.

Sob a disputa eleitoral a Vice-Secretária-Geral da ONU, afirmou estar satisfeita por os actores políticos terem recorrido a “meios legais para resolver”.

14 jan 2020

Autoridades eleitorais anunciaram vitória do ex-primeirio-ministro e general reformado Umaro Sissoco Embaló no pleito de 29 de dezembro.

O Presidente eleito do partido Movimento para a Alternância Democrática, Madem-G15, obteve 53, 55% dos votos; a votação teve quase um terço de abstenções; ganhador do primeiro turno, Domingos Simões Pereira, do maior partido político guineense, Paigc, obteve 46,45% dos votos válidos. 

03 jan 2020

Após um intenso 2019 com três processos eleitorais, eleições parlamentares em março e duas voltas de eleições presidenciais em novembro e dezembro, a Guiné-Bissau entra em 2020 em suspense para saber quem será o próximo presidente da República.

A Comissão Nacional de Eleições (CNE) prometeu anunciar os resultados provisórios no dia 1º de janeiro às 11h. Apesar das previsões que circulam nas redes sociais, o povo e os media prendem a respiração e repetem que todos devem esperar pelos resultados oficiais compilados pela CNE.

31 dez 2019

A Rede das Organizações da Sociedade Civil para a monitorização de reformas promotoras de estabilidade, através do projeto de apoio ao dialogo político, organizou no dia 18 de dezembro, num dos hotéis de capital, um workshop sobre reformas prioritárias para a estabilidade disseminados nas regiões.

A sessão de abertura do workshop foi presidida pelo Secretário executivo da Tiniguena, Miguel de Barros, presidente da Liga Guineense dos Direitos Humanos, Augusto Mário, e Yasmine Cabral em representação do Gabinete Integrado das Nações Unidas para a Consolidação da Paz na Guiné-Bissau.

20 dez 2019

Para marcar o Dia Internacional dos Direitos Humanos, comemorado todos os anos em 10 de dezembro, o UNIOGBIS, em parceria com o Ministério da Justiça e Direitos Humanos, a Comissão Nacional de Direitos Humanos e a Casa dos Direitos realizou uma cerimônia no Palácio do Governo em Bissau.

A celebração começou com um evento de alto nível, durante o qual as declarações do Secretário-Geral das Nações Unidas e do Alto Comissariado das Nações Unidas para os Direitos Humanos foram lidas respectivamente pelo Sr.

10 dez 2019

Os Bissau-guineenses foram às urnas, ontem, dia 24 de novembro 2019 para escolher o novo presidente da republica da Guiné-Bissau.

A representante do secretário-geral da ONU na Guiné-Bissau, Rosine Coulibaly e Mohamed Ibn Chambas, representante especial das Nações Unidas do Secretário-Geral da África Ocidental e do Sahel e chefe da UNOWAS, residente em Dacar, visitaram em algumas assembleias de votos em Bissau, a Comissão Na

25 nov 2019

A Representante Especial do Secretário Geral das Nações Unidas na Guiné-Bissau, Rosine Hadizatou Sori Coulibaly, visitou pela primeira vez, nos dias 31 de outubro e 1 de novembro, as regiões de Bafatá e Gabú, leste do país.

A RESG informou as autoridades sobre o encerramento dos escritórios regionais do UNIOGBIS, decisão que saiu da ultima resolução de conselho de segurança da ONU, observou os preparativos para as eleições nas regiões, ouviu e esclareceu a população sobre apoio da ONU ao processo eleitoral e à conso

01 nov 2019

Páginas