Notícias

O presidente do Comité de Sanções da ONU estabelecido pela Resolução 2048 encontra-se na Guiné-Bissau para uma visita de dois dias com vista a obter em primeira mão as sanções impostas pela resolução 2048 do Conselho de Segurança (2012) e discutir os desenvolvimentos políticos na Guiné-Bissau.

As mil mulheres que se juntaram no passado dia 25 de maio no primeiro fórum das mulheres e raparigas para a paz na Guiné-Bissau afirmaram que as mulheres guineenses têm potencialidades para lutar e vencer e fazer prevalecer a paz e a estabilidade que o país tanto almeja. Preocupadas com a situação política na Guiné-Bissau, apelaram à paz e pediram para serem ouvidas porque as suas vozes contam. A Subsecretária-Geral da ONU, Ana Maria Menendez, esteve presente, ouviu e deu o seu apoio.

No dia 25 de maio, a Comissão Organizadora da Conferência Nacional - Caminhos para a paz e Desenvolvimento (COCN), apresentou aos deputados da Assembleia Nacional Popular (ANP), em Bissau, o seu relatório final baseado em auscultações efetuadas de 2007 a 2017. Intitulado “Em Nome da Paz” , o relatório recomenda reformas e diferentes modelos de processos de reconciliação. Agradecendo o relatório o presidente da ANP, Cipriano Cassama, afirmou que se as recomendações forem implementadas uma nova era de paz abre para a sociedade guineense.

O UNIOGBIS está a promover uma série de seminários sobre liderança militar na Guiné-Bissau. O primeiro evento foi realizado nos dias 9 e 10 de maio de 2018, no clube das Forças Armadas em Bissau. Nos dias 16 e 17 de maio foi a vez dos oficiais do exército e nas próximas semanas o Conselheiro militar do UNIOGBIS dará a sua formação no quadro de um curso de oficiais já em curso. A formação abrange cerca de 100 militares.

O Secretário-Geral Adjunto para Assuntos Políticos Tayé-Brook Zerihoun, Diretor Executivo do Escritório das Nações Unidas para Drogas e Crime (UNODC) Yury Fedotov e o Embaixador Mauro Vieira (Brasil), como presidente da Presidente da Configuração para a Guiné-Bissau na Comissão da Comissão de Consolidação da Paz, informaram hoje o Conselho de Segurança sobre a situação na Guiné-Bissau e os desafios para as próximas eleições.

O Secretário-Geral das Nações Unidas, António Guterres, anunciou hoje [4 de maio] a nomeação de José Viegas Filho, do Brasil, como o seu novo Representante Especial para a Guiné-Bissau e Chefe do Gabinete Integrado das Nações Unidas para a Consolidação da Paz na Guiné-Bissau (UNIOGBIS).

Bissau, 5 de abril (UNIOGBIS/PIU) - Após a adoção em 28 de fevereiro pelo Conselho de Segurança da Resolução 2404, sobre o mandato do UNIOGBIS, o Departamento de Assuntos Políticos da ONU (DPA) liderou uma missão técnica de entidades da ONU para a Guiné-Bissau de 26 e 30 de março, para assegurar a implementação efetiva do seu mandato revisto. Além do UNIOGBIS, a missão avistou-se com a equipe das Nações Unidas no país, as principais partes nacionais interessadas e com interlocutores regionais e internacionais. O Diretor da Divisão África DPA II liderou a missão. Abdel-Fatau Musah foi entrevistado pela Seção de Informação Pública do UNIOGBIS.

Após a adoção, a 28 de fevereiro, pelo Conselho de Segurança, da Resolução 2404, sobre o mandato do UNIOGBIS, o Departamento de Assuntos Políticos da ONU (DPA) liderou uma missão técnica de entidades da ONU à Guiné-Bissau, de 26 a 30 de março, para assegurar a efetiva execução do novo mandato revisto.

A cerimónia de assinatura do Documento de Projeto "Ciclo Eleitoral de Apoio (2017-2019)", desenvolvido em estreita parceria com a União Europeia, ocorreu hoje no Ministério da Economia e Finanças em Bissau, na presença do Representante Especial do Secretário Geral da ONU (SRSG) Modibo Touré e representantes da comunidade internacional.

Páginas