Notícias

O sistema das Nações Unidas na Guiné-Bissau marcou hoje o 73º aniversário da criação da organização mundial com um fórum de dois dias subordinado ao tema "Uma visão compartilhada para o desenvolvimento sustentável da Estrutura do Acordo de Parceria Guiné-Bissau-Nações Unidas (UNPAF) ".

O Representante Especial do Secretário-Geral da ONU na Guiné-Bissau (RSRS), José Viegas Filho, esteve hoje no terreno para ver por si próprio o recenseamento eleitoral em curso. O SRSG Filho foi ao bairro Bra em Bissau e conversou com futuros eleitores e com os responsáveis pelo registro no site.

O processo de recenseamento está em curso na Guiné-Bissau, apesar das dificuldades. Com cerca de 150 equipas no terreno, o Gabinete de Apoio ao Processo Eleitoral (GTAPE) já conseguiu recensear mais de 30 mil eleitores.

É com grande satisfação pessoal e profissional que nós, as Nações Unidas na Guiné-Bissau, testemunhamos a aprovação pela Assembleia Nacional da Lei de Paridade, legislação que permitirá às mulheres da Guiné-Bissau obter uma representação mais justa na política.

O Parlamento da Guiné-Bissau aprovou no dia 2 de agosto, por unanimidade, uma Lei que pretende garantir a quota mínima de 36 por cento de representação das mulheres a ser respeitada em eleições ou nomeações para a Assembleia Nacional Popular e nos Governos Locais, no sentido de alcaçar a paridade entre homens e mulheres.

Páginas