Notícias

A Seção dos Direitos Humanos do Gabinete Integrado das Nações Unidas para a Consolidação da Paz na Guiné-Bissau (UNIOGBIS), em parceria com o Instituto Nacional de Defesa (IDN), organiza de 20 a 23 de agosto em Bissau, o workshop aos instrutores das Forças Armadas e funcionários do Instituto Nacional de Defesa.

O Dia Mundial de Assistência Humanitária homenageia trabalhadores humanitários de todo o mundo que arriscam as próprias vidas para ajudar a salvar e melhorar a vida de outras pessoas.

O Gabinete Integrado das Nações Unidas para a Consolidação da Paz na Guiné-Bissau, UNIOGBIS, através do CDTOC, promoveu em São Domingos, durante dois dias (13 e 14), um seminário de capacitação sobre Investigação Criminal, destinado a 10 agentes das forças de defesa e segurança da região de Cacheu.

Qual é a diferença entre um migrante e um refugiado? Quais são as razões que motivam uma pessoa a sair do seu país? Estas foram as perguntas esclarecidas aos Jornalistas e estudantes de jornalismo que participaram na terça-feira, 13 de agosto, numa Palestra sobre Média e Migrações.

O Conselheiro Militar Sénior do UNIOGBIS organizou um curso de formação de duas semanas em comunicação de crise e gestão de media social para as Forças Armadas da Guiné, de 22 de julho a 2 de agosto, no quartel-general das forças Armadas, Forte da Amura em Bissau.

No dia 31 de julho, a Associação de Escritores da Guiné-Bissau (AEGUI) realizou um retiro de reflexão com a participação de especialistas nacionais e da ONU de várias para ajudar a desenvolver o enredos, personagens e temas a serem incluídos na primeira novela já produzida no país.

Entre 30 e 31 de julho, a seção de Assuntos Políticos do Escritório Integrado das Nações Unidas para a Construção da Paz na Guiné-Bissau (UNIOGBIS) realizou visitas de monitoramento a partidos políticos, autoridades regionais e organizações da sociedade civil. nas regiões de Quinara e Tombali.

Com o objectivo de contribuir para a construção da paz e o estado de direito na Guiné-Bissau, o Movimento para a Paz, Democracia e Desenvolvimento da Sociedade Civil / Bafatá, em colaboração com a Secção de Direitos Humanos do UNIOGBIS, realizou um “Diálogo Civil-Militar” em Bafatá.

Como parte da comemoração do Dia Internacional Nelson Mandela, dedicado a oferecer 67 minutos à comunidade (representando os anos que Nelson Mandela dedicou à humanidade), um grupo de 18 cidadãos das regiões mais remotas da Guiné-Bissau visitou os órgãos de soberania do país.

Páginas